PROVADO: A inocência da TelexFREE

Carlos Costa mais uma vez provou que o Ministério Público do Acre está agindo de ma fé com a TelexFREE.

Com as alegações finais do Ministério Público e da TelexFREE a juíza deve decidir ainda esse mês o caso em primeira estância.

O laudo apresentado pela Ernst & Young não terá validade nenhuma na decisão da Juíza Thais Kalil, devido a uma série de erros que o diretor Carlos Costa já expôs para o judiciário acriano.

Com toda sabedoria da Juíza não existe nenhuma hipótese de a meritíssima incriminar a TelexFREE, ninguém poderá impedir o retorno da TelexFREE.
O Ministério Público tentou de todas as formas manipular o processo da empresa, desta vez estão tentando multar a TelexFREE sem mais nem menos, mas com a graça de deus eles não conseguiram.

Vamos aguardar o aval oficial da Juíza,  que deve sair nos próximos dias!!

Compartilhem

# A VITÓRIA É NOSSA



←  Anterior Proxima  → Página inicial