PF deve investigar supostas fraudes em urnas do interior onde candidato petista teve 100% dos votos




PF deve investigar supostas fraudes em urnas do interior onde candidato petista teve 100% dos votos.

A coordenação de campanha do candidato ao governo do Acre, Marcio Bittar (PSDB), protocolou  sábado (25) na Superintendência da Polícia Federal pedido de averiguação de supostas irregularidades em algumas urnas eletrônicas, especificamente em algumas zonas eleitorais do interior como é o caso de Marechal Taumaturgo, Assis Brasil, Brasiléia, entre outras.

De acordo com Marceli Tomé, da coordenação de Bittar, há dados estranhos da divulgação do primeiro turno das eleições. Ele diz que há urnas onde o candidato Tião Viana, do PT, obteve 138 votos contra 4 da oposição inteira.

“Tem algo de muito estranho que merece ser melhor avaliado. Precisamos de providências para termos uma eleição limpa”, disse.

As seções onde a coordenação de Bittar encontrou a estranha votação são locais isolados como o centro cultural Cupichau, localizado na Aldeia Cruzeirinho/Rio Breu, Aldeia Caucho, Rio Muru, em Tarauacá, e Aldeia Paroá.

A reportagem entrou em contato na Secretaria Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE/AC) para saber se havia sido protocolado algum pedido da oposição a respeito das urnas em questão, mas não conseguiu contato através do número 3212-435, repassado pela assessoria de imprensa daquela corte.

Veja abaixo o gráfico com os dados do primeiro turno: 




As informações são da Agência ContilnetNoticias. 

←  Anterior Proxima  → Página inicial